FANDOM


Lovecraftian Mythos (Verse)

IntroduçãoEditar

Os Mitos Lovecraftianos são uma série de livros, contos e poemas escritos por Howard Philips Lovecraft (Muitas vezes resumido para H.P. Lovecraft) que, apesar de serem conectados, são vastamente diferentes entre si, mas sempre com uma só semelhança: Em como a humanidade, e consequentemente nós, somos tão sem importância no mundo.

O verso não tem uma história em si, já que são vários livros e contos com apenas algumas ligações entre eles, e ainda com os novos contos que foram escritos após a morte de Lovecraft, e muitas vezes sem nenhuma ordem cronológica. Porém, a criação do mundo é algo que se mantém consistente: O mundo, na realidade, não passa de um sonho, uma ficção sonhada pelo Deus Idiota Azathoth, um ser onipotente que dorme eternamente, numa dimensão fora de tudo, onde o clamor de trombetas ecoa para sempre. Ele é o primeiro absoluto da hierarquia cosmológica do verso. Logo após ele, vem as duas forças primais do seu sonho: A Névoa Sem Nome e a Escuridão Eterna, cada qual representando um conceito primal da existência. E depois deles, vem o próprio sonho de Azathoth: Yog-Sothoth, o Deus Extraterrestre mais poderoso de tudo, que é a encarnação de tudo que existe. E dele, da Névoa e da Escuridão, tudo passou a existir e foi criado.

Poder do VersoEditar

O verso dos Mitos Lovecraftianos é considerado um dos, se não o, verso mais poderoso da ficção. Com um ser questionavelmente onipotente e uma vastidão de seres hiperversais, e até mesmo seres "fracos" sendo multiversais e os fracos de fato podendo ter potência estelar. Os seres mais miseravelmente fracos que tem alguma importância na história são os seres humanos, mas mesmo dentre os humanos, existem seres de poder incrível.

A velocidade do verso é relativamente alta, embora vaga. Logo após os humanos, os alienígenas e Deuses Antigos, em sua grande maioria, são seres Acima da Luz, e logo depois deles só existindo velocidades Imensuráveis e (na maior parte) Irrelevantes.

O hax do verso é absurdamente alto. Manipulação da realidade, tempo-espaço e mente são coisas extraordinariamente comuns no verso.

PersonagensEditar

Humanos:

Alienígenas & Entidades Extradimensionais:

Os Grandes Antigos:

Deuses Extraterrestres:

Deuses Antigos:

Outros:

Nota: O verso Lovecraftiano é dividido em dois: Os Contos Originais, escritos por Lovecraft ou autores com os quais Lovecraft cooperou, e os Mitos Expandidos, escritos por todos os outros após ele, considerando que Lovecraft permitiu que qualquer um continuasse usando seus personagens e mitologia para escrever livros.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.